3 de abril de 2011

Ontem, em Aveiro, nasceu o segundo núcleo da AJA.


Culminando um processo de discussão que durou alguns meses um grupo de sócios e amigos da Associação José Afonso, da região de Aveiro, organizou no dia 2 de Abril, sábado, uma iniciativa destinada a formalizar a existência do núcleo de Aveiro.
Pelas 17h, na “Sala Vermelha” da Associação Cultural “Mercado Negro”, com a presença do Presidente da Direcção da AJA, Francisco Fanhais , mais de 30 pessoas falaram, discutiram, testemunharam experiências em torno do imaginário de José Afonso. Jaime Gralheiro, Mário Correia e outros foram desfiando memórias e recordações que serviram para transmitir às pessoas mais novas esse mesmo imaginário.
No final dessa reunião circulou uma lista que, ao final, continha mais de uma dúzia de nomes de gente disponível para integrar e trabalhar no núcleo de Aveiro.
Ao jantar – no “Morpheus” do sempre solidário Mário - a “cachupa” encheu os pratos e amenizou o apetite.
No regresso ao “Mercado Negro” soltaram-se as músicas e as palavras: Adelino Sobral, Ana Afonso, Ana Ribeiro, Emanuel Pereira, Francisco Fanhais, Gabriela Marques, Luis Almeida, Micaela, Rui Pedro e Tino Flores cantaram e disseram que o que faz falta é agitar a malta.
Está assim dado mais um enorme passo para ajudar a consolidar a Associação José Afonso a nível nacional.
Depois do núcleo do norte, de Grândola e de Aveiro… venham mais cinco!

6 Comments:

Fura Fura disse...

Muitos parabéns Aveiro, terra natal do José Afonso.
Em Grândola também existe um Núcleo que está a dar os primeiros passos.

josé rodrigues disse...

para quando um núcleo em lisboa ?

Fura Fura disse...

José Rodrigues: Sábado, dia 9 de Abril vai haver um encontro em Lisboa na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, Av. D. Carlos I, 61, 1º Santos, pelas 21 horas, para lançamento do novo trabalho do Afonso Dias “13” e queremos aproveitar para falarmos sobre um futuro núcleo em Lisboa.
Aparece

Anónimo disse...

Caro José: mais depressa do que pensa haverá um núcleo em Lisbo.
Forte Abraço.
Pela Direcção da AJA
Paulo Esperança

chico da EMILINHA disse...

COMO HÁ DOIS POSTES DE FOTOS,, NÃO QUERO QUE PASSE O QUE ESCREVI NO OUTRO,,,

EU REPITO,, EU REPITO


FOI B O N I T O
A emoção com muito afecto esteve MUITO ALTA.
Ouviram-se vivências de gente de AVEIRO, " os CAGARÉUS ", chegou o cloreto de sódio aos olhitos de alguns.
APARECEU gente de outras bandas, conhecedoras do ZECA e, não só.
A sala foi pequena, muitos ficaram á porta e foram-se revezando, para OUVER, fixei uma frase de um SOLIDÁRIO, que gosta de Flores e, são VERMELHAS....
A MALTA TEM DE ASSUMIR A REALIZAÇÃO DESTAS COISAS EM LUGARES MAIORES E, SEM MEDOS,, o ZECA também tocou para 5 ou 10 pessoas....
Notou-se perfeitamente que pairava angústia e ansiedade em alguns mais antigos, vivendo na cidade que viu nascer o ZECA, recordando-o e também á importância que Aveiro teve em encontros Democráticos e, no que se tornou.
O ZECA via-se ao longe, da Ria com os barquinhos a passarem com turistas, da margem oposta ao Mercado Negro, e nos olhinhos de cada um dos presentes e, foram tantossssss.
Saliente-se o entusiasmo da malta que fundou o novo NÚCLEO DE AVEIRO da AJA, tem pernas, bracinhos e até asas, para ir LONGEEEE, ao fim da tarde, juntaram-se bandos de patos selvagens, que nos brindaram com o seu voo em formação, era a passagem por AVEIRO, era a HONRA em receber o ZECA, só podia ser.
Tem malta que toca, canta e declama poemas; estão reunidas condições para VOAR e levar o ZECA MAIS LONGE AINDA, estou certo que o DIGNIFICARÃO.

NÃO OS DESAMPAREMOS......

A AJA tem uma palavra a dizer a este lindo cantinho, AQUELA MALTA MERECE.

Gostei muito da foto do FANHAIS,, tem ainda muito SALERO o rapaz.

Antes que caia da cadeira, ao estar agora a reviver a COMOÇÃO, vou sair de fininho, com a firme certeza que estarei quando a MALTA entender.

UM
TERNURENTO ABRACINHO
ÁQUELA MALTA TODINHA

PARA SEMPRE VIVA O ZECA E O QUE ELA REPRESENTA

josé rodrigues disse...

infelizmente , não pude estar presente no sábado passado com grande pena minha . mas em próximas "tentativas" espero participar . um abraço