8 de agosto de 2008

Ruas, praças, pracetas, avenidas, parques, auditórios... José Afonso


A propósito deste "post" acima referido, fomos contactados pelo Luis Pinheiro de Almeida que nos incentivou para um projecto que estava em espera aqui na AJA: um levantamento de todas ruas, praças, pracetas, avenidas e parques José Afonso.
Parecia que ia ser mais difícil mas em http://www.portugalio.com/ basta colocar o nome "Zeca Afonso" ou "José Afonso" e obtemos os resultados por distrito. Fácil.

RUAS ZECA AFONSO

AVENIDAS JOSÉ AFONSO

AVENIDAS ZECA AFONSO

LARGOS ZECA AFONSO

LARGOS JOSÉ AFONSO

PRACETAS JOSÉ AFONSO

PRACETAS ZECA AFONSO

PARQUES

Parque José Afonso, Setúbal
Parque José Afonso, Baixa da Banheira
Parque José Afonso, Santiago de Compostela

AUDITÓRIOS

Auditório José Afonso, sito na Avª Benjamim Araújo, 113, 3700 S. João da Madeira

COMPLEXOS DESPORTIVOS

Complexo Desportivo Municipal José Afonso, Grândola

3 Comments:

Eduardo F. disse...

Olá, amigos da AJA e visitantes.

Convido todos a verem virtualmente a exposição que o MC- Mundo da Canção faz sobre José Afonso. Está tudo aqui: http://www.discantus.pt/exposicao.asp

Penso que, através das imagens e informações disponibilizadas, podemos engrandecer e melhorar a discografia que o site da AJA tem.

Algumas informações que em tempos forneci foram retiradas da mesma aquando da sua passagem por Guimarães, o ano passado. Agora temos oportunidade de copiar em boas condições as capas de discos que faltam, bem como de outras edições dos álbuns dele.

Obrigado, Miguel.
Obrigado a todos os amigos que guardam e falam do Zeca aos amigos.

Anónimo disse...

Olá...sou de Aveiro, a terra natal do Zeca Afonso, e tenho vergonha em dizer que ainda nao vi aqui uma homenagem a esse grande homem! Não há exposições, conferências, nomes de ruas, escolas, avenidas...nada! Fico muito triste por isso! Devíamos dar valor a quem o tem!

Anónimo disse...

Olá...sou de Aveiro, a terra natal do Zeca Afonso, e tenho vergonha em dizer que ainda nao vi aqui uma homenagem a esse grande homem! Não há exposições, conferências, nomes de ruas, escolas, avenidas...nada! Fico muito triste por isso! Devíamos dar valor a quem o tem!