25 de outubro de 2008

Mais um achado...



RAPSÓDIA EPF 5.241

Vampiros/Menino do Bairro Negro/Quadras (José Afonso) - Canção Longe (folclore açoreano) - Pastor do Bensafrim (José Afonso) - Leanor (José Afonso)

Na contracapa, escreveu José Afonso:

A viola, como instrumento destinado a acompanhar o cantor, foi perdendo nos nossos dias o papel subalterno que lhe destinavam os tradicionais conjuntos de guitarras.

Quer como factor de execução com a finalidade de indicar ou desenvolver um tema musical adequado às suas características e recursos, quer interpretando, a par da voz humana, o papel de protagonista num diálogo que não admite interferência de outra qualidade expressiva, a sua autonomia exige da parte do ouvinte uma intimidade e uma discreção idêntica à que em tempos prendia o trovador ao seu auditório.

Estas canções, ditas e executadas pela viola de Rui Pato, pretendem restituir-vos a esse clima inicial de silêncio a que a sua sensibilidade, pouco afeita aos ritmos trepidantes da guitarra eléctrica, se foi de há muito habituando.

Pela delicadeza das suas interpretações, valorizadas por uma acertada combinação de acordes, oscilando em cadências sempre variadas num processo de construção melódica que incessantemente se renova - esses solos constituem uma experiência que, creio eu, agora se inicia no nosso panorama musical.


Encontrado AQUI

3 Comments:

Eduardo F. disse...

Já agora, alguém reconhece o lugar onde foi fotografado o Rui?

ié-ié disse...

A fotografia foi tirada por Varela Pécurto (já falecido) nos claustros da Igreja de Santa Cruz, em Coimbra.

Luís Pinheiro de Almeida

Rui Pato disse...

Fiquei emocionado com a honra que me dão neste destaque. Este EP foi gravado devido à insistência que o Zeca fez par que eu gravasse as suas "coisas" tocadas em viola.Trata-se de um documento musical que tem mais valor histórico do que artístico. Mesmo assim, nesta altura, meados da década de 60,não havia registos no nosso país, de viola clássica.
Obrigado ao Luis Pinheiro de Almeida que descobriu esta raridade para o colocar no seu Blog e à AJA pela visibilidade que lhe deu.