30 de outubro de 2010

Mais músicas do concerto de 1968, no Teatro Avenida, em Coimbra


José Afonso ao vivo, no Teatro Avenida, em 1967 "Cantares do Andarilho". Rui Pato na viola sound clip

José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "Natal dos Simples". Rui Pato na viola. sound clip

José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "Senhora dos Olhos Tristes". Rui Pato na viola. sound clip

José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "Cantar Alentejano". Rui Pato na viola. sound clip

José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "Elegia". Rui Pato na viola. sound clip

José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "O que mais me prende ao Mundo". Rui Pato na viola. sound clip


Eis o restante alinhamento do concerto no Teatro Avenida, que já aqui havíamos dado a conhecer. Uma generosa partilha de Jorge Rino, Rui Pato e Octávio Sérgio
Resta-nos esperar que outros lhes sigam o exemplo e comecem a partilhar o conteúdo de velhas cassetes metidas em gavetas.
José Afonso ao vivo no Teatro Avenida em 1967. "Tive o Diabo na Mão" sound clip

4 Comments:

Rémi disse...

Em maio de 1971, convidei o Zéca para cantar em Poitiers, na Faculdade de Letras. Ele veio juntamente com José Mario Branco e Francisco Fanhais. Possuo uma gravação do espectáculo-com alguns inéditos- numa fita, daquelas antigas. Obviamente, estou completamente disposto a compartilhá-la, sim, mas como? Já há muito tempo que o meu gravador não funciona. Fico à espera de sugestões. Obrigado.

Associação José Afonso disse...

Caro Rémi,
muito obrigado pelo contacto e boas notícias. Se quiser pode enviar a sua fita para a Associação e nós tratamos da passagem para CD. Escreva-nos para associacaojoseafonso@gmail.com e combinaremos os pormenores.
Até breve.

Anónimo disse...

Confirmem o ano deste espectáculo. É que no primeiro post foi em 1968 e no segundo em 1967. obrigado

AM

Associação José Afonso disse...

Caro AM, tem toda a razão. Será de facto 1968, pois é essa a data referenciada pelo próprio Rui Pato no seu texto. Em todo caso, confirmaremos. Muito obrigado.