7 de setembro de 2005

Histórias partilhadas

Olá!

Sábado, 3 de Setembro, fui cantar ao salão nobre da Junta de Vermoim-Maia.
O evento, era uma noite de poesia subordinada ao tema - As Cidades.
Integrada no tema, comecei por cantar "UTOPIA".
Depois, intercalado por poesia, lá fui cantando por esta ordem: Epígrafe para a arte de furtar; cantiga do monte; traz outro amigo também; por trás daquela janela; mulher da erva.
No final ensinei às cerca de 200 pessoas presentes o refrão de "ALTOS CASTELOS"
"Eu lá na serra não sou ninguém
Se fores prá guerra eu irei também
Irei também numa barca bela
Cinta vermelha e saia amarela."
E assim se terminou com toda a gente a cantar Zeca Afonso.

Um abraço
José Silva

2 Comments:

Correcaminhos disse...

Não sabia que a vossa Associação tinha já 19 anos. Foi boa ideia esta de fazer um Blog.
Obrigado.

Associação José Afonso disse...

Obrigado também a ti que participas neste blog.
Saudações