17 de março de 2007

Especial Zeca Afonso | RTP Memória 24.3.07 (32minutos)

2 Comments:

aibsantos@t-online.de disse...

Ouvir, ou simplesmente recordar, as canções do Zeca, é reviver um tempo d'"o mais rigoroso amor" (Alexandre O'Neill). Aqui lhe rendo homenagem com "Um adeus português":"digo-te adeus/e como um adolescente/tropeço de ternura". Bem hajas, Zeca Afonso, pela alegria que me deste e pela promessa que me deixaste.
António Inácio, 18/3/7 (Heidelberg)

Ana disse...

Hoje como há 33 anos, ouvir o Zeca é um prazer que me emudece. Tanta serenidade, convicção e força sempre me deixam reduzida à minha insignificância. Mas de cada vez que te ouço, Amigo, algum em mim se acrescenta em esperança, força de viver e em certeza de que vale a pena seguir o teu exemplo de integridade e fé na vida. Cantarás para sempre! Obrigada.