19 de novembro de 2007

Ontem, na Maia, foi assim...


3 Comments:

Eduardo F. disse...

Gostaria de ter lá estado. Como não pude, "obriguei" os meus pais a estarem presentes.

Não houve gravação do evento? Isso era muito importante.

Fica a sugestão.

Abraço.

De Amor e de Terra disse...

Num auditório cheio e vibrante, reavivou-se a memória, com poemas e canções.

AMEI cada momento.

Um abraço fraterno a todos


Maria Mamede

Gabi disse...

Além de um óptimo espectáculo, em que a leitura de uma carta ao Zeca orientava música e poesia, viveu-se um ambiente fraterno e solidário, tanto no público como nos bastidores. Todos, fomos "gente igual por dentro e igual por fora".
Uma lição de futuro!